Thursday 14th of December 2017

logo

Home Artigos Gestão PLANO DE NEGÓCIOS
PLANO DE NEGÓCIOS PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Sex, 12 de Fevereiro de 2010 07:36

Ao estudar Empreendedorismo, independente da formação ou área de atuação do estudante, é fundamental que o aluno tenha pelo menos noções de o que é um Plano de Negócios e como prepará-lo. O plano de negócios pode ser usado tanto para quem irá constituir uma empresa quanto para formatar uma idéia, uma proposta de inovação interna em alguma organização já constituída.

Em primeiro lugar, é importante frisar o que é, porque e para que se elabora um Plano de Negócios. Segundo Dolabela, autor do livro O Segredo de Luísa, um plano de Negócios é uma forma de pensar sobre o futuro do negócio e diminuir incertezas e riscos.

 

 

Além disso, o plano de negócios é:

- Uma maneira de descrever o motivo de existência e as oportunidades de um determinado ramo de negócio.

- um instrumento que deve ser apresentado interna e externamente - é uma forma de apresentar a empresa para clientes, funcionários e sócios, buscando envolvimento de todos, bem como pode ser utilizado para conseguir financiamentos e atrair novos sócios.

 

O plano de negócios é composto, basicamente, de um Plano de Marketing e de um Plano Financeiro. Segue abaixo um detalhamento de um modelo simplificado. Esse modelo é composto principalmente pelo Plano de Marketing, que é constituído pela Análise de Mercado e pela Estratégia de Marketing.

 

Item 1 - APRESENTAÇÃO DO EMPREENDIMENTO - como já foi dito, um plano de negócios serve para apresentar a empresa ou o projeto inovador para alguém. Portanto, esse primeiro item deve encantar quem lê, atraindo para a idéia / proposta. É aqui também que se apresenta a Razão Social, endereço, C.N.P.J., telefones e e-mails para contato, etc. Nesse item deve constar também a Missão da empresa, os objetivos do empreendimento, os motivos que levaram o empreendedor a desenvolver o projeto (como estatísticas que demonstrem quão importante será a existência desse empreendimento, por exemplo) e os resultados esperados.

 

Item 2 - Perfil do(s) Empreendedor(es) - é onde deve constar formação, experiência e atuações anteriores dos empreendedores que constituirão o negócio. Claro que experiência e conhecimento na área de atuação a que se propõe explorar não só aumentam a possibilidade de sucesso de qualquer empreendedor como minimizam o risco de problemas na implementação e no funcionamento e fechamento prematuro da organização.

 

Item 3 - Recursos Humanos - o empreendedor precisa ter consciencia de que não conseguirá atuar sozinho. É importante relacionar o total de colaboradores (funcionários ou terceirizados) que o empreendedimento necessitará, definindo inclusive o grau de instrução, o conhecimento e a experiência necessários. É aqui que muitos empreendedores mudam de idéia em relação ao negócio, pela dificuldade de contratar ou treinar pessoas para as funções necessárias.

 

Item 4 - Análise de Mercado - Um clássico quando se fala de empreendedorismo é a análise das ameaças e oportunidades. É fundamental a um empreendedor, ANTES DE MERGULHAR FUNDO NO NEGÓCIO A QUE SE PROPÕE, avaliar criteriosamente as oportunidades e ameaças no mercado em que irá atuar. Para elaborar esse item o empreendedor precisa ter muita informação atualizada e mostrar que está "antenado" nas oportunidades, mas que também conhece as ameaças que podem prejudicar o sucesso do negócio. O ideal é que se tenha, também, um plano elaborado para trabalhar essas ameaças e minimizar o risco do negócio.

 

Item 5 - Clientes potenciais - Para esse item é importante pensar nas três variáveis de segmentação de mercado que são: Geográficas (local onde os elementos de mercado são encontrados), Demográficas (como idade, renda, sexo e grau de escolaridade dos clientes) e Psicográficas (estilo de vida, personalidade,comportamento dos consumidores) os diferenciais, o público alvo do produto / serviço. Devem ser descritos também os canais de venda utilizados (direta ou indireta) e se haverá serviço de pós-venda.

 

Item 6 - Parceiros - o empreendedor deve mencionar, se houver, outras empresas, de preferência que já estejam firmadas no mercado, que possam servir como canal de comercialização, fornecedores de tecnologia e/ou mão de obra para apoiar determinadas atividades do novo empreendimento.

 

Item 7 - Concorrentes - o empreendedor deve mostrar que conhece muito bem seus concorrentes e está consciente do desafio que irá enfrentar. Deve nesse item demonstrar os pontos fortes e fracos de sua própria empresa e de mais duas outras do mesmo ramo de atuação e segmentação. O que levaria um cliente a escolher a organização do empreendedor em questão e não outra concorrente já estabelecida? Aqui o empreendedor pode explicar também o motivo de ninguém ter pensado em desenvolver o produto/serviço que ele pensou e o que impede que uma outra empresa, com competência no mercado, o desenvolva.

 

Item 8 - Descrição dos produtos / serviços - Embora na apresentação da empresa já tenham sido mencionados os produtos ou serviços que a empresa irá prestar, é aqui que deve ser feito o detalhamento dos mesmos, devendo constar a descrição dos produtos / serviços, suas caracteristicas principais, a tecnologia e os recursos humanos necessários para produção dos mesmos.

 

Esse é o mínimo que se pode pensar antes de se constituir qualquer empreendimento.  Além de boas idéias, o empreendedor precisa de informação e pesquisa para iniciar um negócio com a mínima possibilidade de sucesso!

 

 

Última atualização em Qui, 25 de Fevereiro de 2010 14:40
 

Fornecido por Joomla!. Designed by: Free Joomla 1.5 Theme, ecommerce hosting. Valid XHTML and CSS.